Read this in: zh-hansruesen

INTTRA juntamente com Avantida move para logística de contêineres

16 março 2017 | Robin Meczes

Avantida cosco-vessel lrPlataforma eletrônica de transação de envio, com sede em Jersey, Parsippany New INTTRA adquiriu o provedor de soluções de gerenciamento de contêiner Avantida por uma quantia não revelada.

Avantida, com sede na Antuérpia, é especializada em otimizar a manipulação de contêineres vazios. Suas aplicações de reutilização e reposicionamento fornece informações para os carregadores e companhias de transporte para ajudar a minimizar milhas dirigidas, aumentar a velocidade, proporcionar custos mais baixos e reduzir as emissões de CO2, bem como cortar o congestionamento nos portos e terminais.

Fundada no final de 2012, a empresa emprega cerca de 20 funcionários e opera na Bélgica, Holanda, Alemanha, França, Itália, Portugal e Espanha. Ela tem quase 3.000 empresas de transporte e logística em sua plataforma e funciona com carregadores como a Cosco Shipping (foto), CDES, Hapag-Lloyd e Maersk.

A entrada da INTTRA em logística de contêineres do lado terrestre deve fornecer valor adicional para os clientes novos e existentes, disse o diretor executivo da empresa norte-americana, John Fay. “A aquisição Avantida avança nossa estratégia de ampliar o nosso alcance para a cadeia de valor intermodal”, disse ele. “Com tecnologia de ponta, a tecnologia baseada em nuvem e um modelo de negócios único, a Avantida aumenta a eficiência e oferece um valor substancial aos transportadores, carregadores e outras empresas de transporte terrestre.”

A INTTRA trabalha atualmente com mais de 50 transportadoras principais e mais de 700.000 pedidos de contêineres em sua plataforma eletrônica a cada semana – cerca de 25% do comércio global de contêiner marítimo, ela afirma.

“Estamos muito animados para unir forças com a INTTRA”, comentou Luc De Clerck, diretor executivo da Avantida. “Juntos, podemos alavancar a inovação tecnológica para digitalizar e transformar um mercado multi-bilionária que é central para o comércio global.

“A rede global da INTTRA nos permitirá acelerar a adoção do produto na Europa e em todo o mundo”, acrescentou.

.